CAOS NO METRÔ


07/10/2011 às 21h30
Falha na CPTM causa transtornos aos usuários do Metrô de SP.

Hoje, uma falha na CPTM na altura da Estação Tatuapé causou diversos transtornos aos usuários da linha 3 do Metrô de São Paulo. Às 19h00, horário em que o as estações estão relativamente mais vazias do que nos horários de pico, era possível ouvir o barulho feito por usuários da linha 3 na plataforma de embarque com destino à estação Corinthians-Itaquera.

Segundo noticiado no portal G1, em entrevista, a CPTM disse que o sistema teria sido solucionado às 19h00. Contudo, nas estações do metrô, era noticiado, após o horário oficial do restabelecimento do sistema ferroviário da CPTM. Quando o metrô avisou da solução do problema, já passava das 19h30.

A operação Paese foi implantada como forma de contornar o problema. Porém, muitos usuários da CPTM acabavam voltando para a estação Luz da CPTM e desembarcavam na Sé, sobrecarregando o sistema. Além disso, muitos passageiros foram em direção às demais estações no centro da cidade, como forma de tentar embarcar nos trens, que vinham lotados.

Diversas composições foram da Barra-Funda à Sé vazios, chegando a passar pelas estações de 3 a 4 composições (essas composições passavam praticamente sem intervalo de atendimento às estações. Assim, passavam as composições e, depois de essas 4 composições passarem, uma vinha completamente lotada, pois era a única que atendia as estações) sem que houvesse atendimento às estações. Com isso, as plataformas das estações Anhamgabaú e República ficaram superlotadas.

E, para fechar a situação, os passageiros, depois de muito esperar, chegaram a furar o bloqueio colocado pelos funcionários do metrô, invadindo esse espaço e “furando a fila” para embarcar nos trens.

MEU RELATO

Eu mesmo passei por esta situação toda. Ao sair do trabalho, com destino à Zona Leste, região em que moro, fui em direção à estação Sé (próxima de onde trabalho). Cheguei a pensar na possibilidade de ir para casa de ônibus, mas, ao ver a situação do trânsito, resolvi ir de metrô, afinal, o metrô é bem mais tranquilo a partir das 19h00.

Entrei na estação, carreguei meu bilhete único e passei pelo bloqueio. Somente depois de fazer tudo isto é que vi a situação. Vendo como a estação se encontrava, resolvi tentar embarcar na estação República. Lá, a plataforma estava relativamente cheia, mas nada tão anormal. Mas, para meu desespero, acabei demorando muito para conseguir entrar em uma composição. Ao olhar para trás, a plataforma estava lotada. Eu não conseguia nada, exceto pessoas na plataforma.

Resultado: Demorei mais de 2 horas para chegar ao meu destino. Geralmente, o percurso que fiz é percorrido entre 45 e 55 minutos (saí do centro às 19h00 e cheguei às 21h25).

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s